Para envolver em uma narrativa, o principal elemento é o fator humano.

Frequentemente a história de uma empresa é descrita em uma lista de fatos, que por si só não possuem apelo. Eles até podem ser inseridos de forma moderada na narrativa, mas histórias devem ser cativantes e protagonizadas por um personagem  com experiências reais que tenham conexão com o público-alvo.

Este protagonista não precisa ser necessáriamente uma pessoa, podendo ser um produto, desde que seja passível de personificação, como a garrafa da coca-cola ou o fusca por exemplo, que já possuem características “humanas” no mimaginário coletivo.

Mas mesmo quando não há um personagem reconhecível, a humanização da história pode gerar a identificação com o consumidor. Um bom exemplo é o video “The Man Who Walked Around The World” da Johnnie Walker, que apesar de citar o fundador da marca, tem seu foco na trajetória da empresa, transformando esta “caminhada”  em um verdadeiro épico humano.

 

Compartilhe
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BEAT
Conteúdo e Relacionamento

Ney da Gama Ahrends, 295/119
91450-345 - Porto Alegre - RS

Fones:
(51) 3517.9932
(51) 99249.2474

www.beatcr.com
leandro@beatcr.com

agosto 2018
S T Q Q S S D
« jul    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031